Gravidez Ectópica

Dica sobre saúde, alimentação e Bem-estar!

 A gravidez ectópica é uma gravidez anormal que ocorre fora do útero, podendo ser dentro de uma das trompas ou em casos raros, no ovário ou no colo do útero.

 
Essa gestação é geralmente causada por fatores que impedem ou retardam o movimento do óvulo fertilizado da trompa de Falópio para o útero, podendo ser em razão de uma alteração local, decorrente de uma sequela de um processo inflamatório (salpingite ou doença inflamatória pélvica) ou a má implantação dele sem patologia associada.
 
Outras causas da gravidez ectópica são:
 
• Defeitos de nascença nas trompas de Falópio;
 
• Complicações de uma apendicite;
 
• Endometriose
 
• Cicatriz causada por uma cirurgia pélvica anterior;
 
• Cirurgia de reversão da esterilização tubária para poder engravidar;
 
• Pós-laqueadura tubárea.
 
O diagnóstico é feito com base na história clínica, na qual a paciente pode apresentar-se com sangramento vaginal anormal, atraso menstrual, sensibilidade nas mamas, dor abdominal, náuseas ou vômitos. Dispõem-se também da dosagem sanguinea de Beta HCG e Ultrassom transvaginal.
 
A gravidez ectópica não pode ser mantida até o parto. As células em desenvolvimento devem ser removidas para salvar a vida da mãe, através de cirurgia seja a minilaparotomia ou a laparoscopia. Existem alguns raros casos onde pode ser feito tratamento medicamentoso.